Friday, August 29, 2014

320 – Petula Clark – Downtown (1964)



Escrita por Tony Hatch, foi gravada em 16 de outubro de 1964 e lançada por Petula Clark em novembro de 1964, num compacto que tinha You’d better love me. Virou um hit internacional, chegando ao numero 1dos charts pop americanos e numero 2 dos charts britanicos.

Tony Hatch era um assistente de producao do entao produtor dela Alan Freeman, num hit de Petula de 1961 chamado Sailor. Em 1963, Freeman chamou Hatch pra ser o produtor dela.

Em 1964, Hatch fez sua primeira visita à New York City, procurando material de editores para artistas que ele estava produzindo. Ele disse que estava num hotel no Central Park e andou até a Broadway e Times Square e inocentemente pensou que estava em Downtown, esquecendo que em New York City especialmente, downtown é muito mais abaixo, indo na direção do Battery Park.

Ele gostou da atmosfera de lá e a música veio muito rápido. De acordo com ele, ele estava em pé na esquina da 48th street esperando semafóro abrir, olhando pra Times Square quando a melodia veio primeiro logo que as luzes de neon se acenderam.

Pensou primeiro em oferecer aos Drifters, mas quando mostrou a melodia a Petula Clark, ela gostou e quis gravar e foi quando Hatch terminou a letra. Ele disse que nunca havia pensando numa mulher cantando essa canção.

Petula Clark gravou Downtown no Pye Studio em Marble Arch. Trinta minutos antes da gravacao, Hatch ainda dava retoques na canção, não estava pronta ainda. Ele quis fazer um arranjo que conectasse Petula com o publico jovem sem perder o publico mais velho dela. Entao ele fez uma orquestra tocar rock. Jimmy Page tocou guitarra nessa gravação.

Downtown foi lançada no Reino Unido em novembro de 1964. Entrou nos charts britanicos em 14 de novembro de 1964, chegou ao número 2 em dezembro de 1964, ficando em segundo lugar, só perdendo o primeiro posto pra I feel fine, dos Beatles. Ganhou disco de ouro no Reino Unido, com vendas acima de meio milhao de copias. Chegou tambem ao numero 1 na Australia, Nova Zelandia, Rodesia e Africa do Sul e numero 2 na Irlanda e Dinamarca, número 3 na India e Holanda e número 8 na Noruega.

Nos Estados Unidos, essa gravação de Petula Clark entrou nos charts pop americanos em 19 de dezembro de 1964, no número 87 desse chart. Na segunda semana, Downtown chegou ao numero 14 desse chart. Na terceira semana passou pra 12 e na quarta semana passou pra quinto lugar. Chegou à numero 4 desse chart e no dia 23 de janeiro de 1965, chegou ao primeiro lugar dos charts e ficando lá nessa posicao por uma semana, perdendo o primeiro post pra You’ve lost that lovin’ feeling, dos Righteous Brothers.

Petula Clark foi a primeira mulher inglesa a ter um número 1 nos Estados Unodos durante a era do rock and roll e a segunda da historia. Vera Lynn teve um numero 1 nos Estados Unidos em 1952 com a musica Auf Wiederseh’n Sweetheart. Petula Clark foi tambem a primeira mulher britanica a ter um disco de ouro nos Estados Unidos, com vendas acima de 1 milhao de copias.

Petula Clark tambem gravou versoes de Downtown em frances, itlaiano e alemao. E regravou dowtown outras vezes durante a sua carreira. Em 1976, com uma batida de discoteca. Em 1984, com um novo piano e um trumpete. Em 1988 com o produtor holandes Eddy Ouwens. Em 2011, ela gravou com a banda The Saw Doctors. Gravou outra versao em 2013. Gravou-a novamente em 2010 no Cheltenham Festival.

Downtown gravada por Petula Clark ganhou um Grammy em 1965 como melhor canção de rock and roll. E entrou no Grammy Hall of Fame em 2003.  

Dolly Parton gravou uma versao de Downtown em Nashville em outubro de 1983, lançado em 1984.

Em 2006, Emma Bunton lançaria sua versao. Jann Arden gravou em 2007. The Sw Doctor em 2011, com participacao especial de Petula Clark.  

Isabelle Bond, gravou-a em 1964 assim como Marianne Faithfull, The Lettermen e Billy Preston tambem.  

Celly Campelo gravou em 1964 uma versao em portugues chamada Nao me abandone.

Frank Sinatra gravou-a em 1966, The B-52’s gravou-a em 1979, Guy Mitchell em 1985, Booker T. and The M.G.s em 1995, Irene Cara em 2004, entre muitos outros.

New York City, depois dos ataques de 11 de setembro, tem usado Downtown na versao de Petula Clark como canção tema dos comerciais pra incentivar o turismo na Lower Manhattan.

No filme de 1999 Girl Interrupted, was personagens de Winina Ryder e Angelina Jolie cantao essa m;usica enquando Elizabeth Moss é colocada num quarto sozinha.

Green Day usou a melodia de Downtown pra uma canção deles chamada Waiting, lançada em 2000.

A letra:

When you're alone and life is making you lonely
You can always go downtown
When you've got worries, all the noise and the hurry
Seems to help, I know, downtown

Just listen to the music of the traffic in the city
Linger on the sidewalk where the neon signs are pretty
How can you lose?
The lights are much brighter there
You can forget all your troubles, forget all your cares

So go downtown
Things will be great when you're downtown
No finer place for sure, downtown
Everything's waiting for you

Don't hang around and let your problems surround you
There are movie shows downtown
Maybe you know some little places to go to
Where they never close downtown

Just listen to the rhythm of a gentle bossa nova
You'll be dancing with 'em too before the night is over
Happy again
The lights are much brighter there
You can forget all your troubles, forget all your cares

So go downtown
Where all the lights are bright, downtown
Waiting for you tonight, downtown
You're gonna be alright now, downtown

Downtown
Downtown

And you may find somebody kind to help and understand you
Someone who is just like you and needs a gentle hand to
Guide them along
So maybe I'll see you there
We can forget all our troubles, forget all our cares

So go downtown
Things will be great when you're downtown
Don't wait a minute more, downtown
Everything is waiting for you, downtown

Downtown (downtown)
Downtown (downtown)
Downtown (downtown)
Downtown (downtown)


A versao original de Petula Clark:



A versao de Frank Sinatra:



A versao de Emma Bunton:

No comments:

Post a Comment