Wednesday, November 13, 2013

250 – The Beatles – From me to you (1963)

Escrita por John Lennon e Paul McCartney, foi o lado A do compacto simples que tinha Thank you girl no Lado B, lançado em 11 de abril de 1963 no Reino Unido e em 27 de maio de 1963 nos Estados Unidos. Foi gravada em 5 de março de 1963, nos estúdios EMI, em London, mais conhecido como Abbey Road Studios. Teve George Martin como produtor. 

Teve um sucesso grande no Reino Unido quando lançada, mas fracassou inicialmente nos Estados Unidos. Curiosamente, Del Shannon fez uma versão cover da música, o que se tornou a primeira composição de John e Paul a entrar nos charts pop americano. 

John e Paul começaram a escrever From me to you quando estavam indo de ônibus pra Shrewsbury, numa turnê com Helen Shapiro. O título foi inspirado no nome da seção de cartas do New Musical Express, que estavam lendo: : From you to us! 

John disse que a primeira frase é dele e começaram a partir dela. Era mais blues do que ficou pra eternidade. 

Paul McCartney disse que quando fizeram, acharam a canção um lixo. Kenny Lynch, que também estava no ônibus, disse logo: vocês não podem gravar isso, parecem um bando de viados. E saiu de perto deles berrando que os Beatles não entendiam nada de composição. 

O que aconteceu na verdade foi que, John e Paul estavam sentados no fundo ônibus e Kenny Lynch achava que era um grande compositor. Kenny então foi lá no intuito de ajudar os garotos a fazerem uma música. Depois de meia hora lá atrás, com John e Paul recusando as ideias dele, Kenny saiu gritando dentro do ônibus que pra ele chegava, que não iria ficar ajudando aqueles idiotas, que nada entendiam de musica mais não. A história provou o contrário. Quem é Kenny Lynch mesmo? 

Apesar de tudo isso, a canção foi observada pelos Beatles como inovativa e que iria pegar e a lançaram num compacto simples. Foi uma das canções que os dois escreveram mesmo, sentados, um do lado do outro. 

From me to you tem cinco versos e duas pontes. A primeira parte do quarto verso é instrumental. A metade final de cada verso é um mini refrão, enquanto que as letras das pontes são idênticas. Os versos cada um consistem de oito compassos tocados em Dó Maior. Na ponte, a canção modula para a subdominante tom: Fá maior. A tônica de modulação subdominante é quase um cliché, mas John e Paul evitam o cliché tomando outro caminho da I pra IV, em vez da I-I7-IV. No clímax da ponte, o acorde troca e é acompanhado pelo “woo”. Outra elemento característico da ponte é a o acorde aumentado que finaliza a ponte e traz de volta pra nota original, Dó maior. John toca solos de gaita durante o começo, meio e fim da música, assim como ele fez em Love me do. 

Paul disse que o que ele mais gostava de From me to you era que tinha um meio muito completo. Foi bater num lugar inesperado. “O acorde de abertura da seção do meio abriu um novo pote de coisas pra mim. Foi uma canção muito importante. A qualidade da nossa composição subiu um pouco com From me to you”.  Paul disse que soube o poder dessa canção quando escutou o homem do leite assobiando a melodia enquanto trabalhava. 

A ideia de colocar os Beatles cantando já na introdução foi de George Martin. Cantar fazendo o som da melodia. Da da da da da dum dum da. Os Beatles não gostaram muito, mas confiaram em Martin. Foi nesse momento que os Beatles ficaram sabendo do enorme senso musical de George Martin e passaram a confiar nele cegamente. 

A história da música é de um cara que oferece seu amor à pessoa amada. Ele tem “everything that you want”. E apesar da música ser na primeira pessoa, não existe um único cantor. John e Paul cantam juntos. 
George Martin disse que pediu uma outra música tão boa quanto Please please me e eles trouxeram From me to you. George disse que parecia que eles tinham um poco sem fundo de canções. 

Nove dias após o lançamento, entrou nos charts britânicos e passou 21 semanas por lá, chegando ao número 1 no dia 4 de maio, posição que manteve por sete semanas. From me to you tem John tocando gaita inspirado no estilo blues de Jimmy Reed, que ele aprendeu de Delbert McClinton, outro americano que estava em turnê com os Beatles pouco tempo antes. John pediu a Delbert pra ensina-lo a tocar gaita e Delbert disse que ensinou, afinal, não eram muitos caras que tocavam gaita na música popular daquele tempo. John sempre procurando as inovações. 

From me to you foi a primeira música dos Beatles a chegar ao número 1 no Reino Unido. Foi a primeira de 11 músicas consecutivas que chegaram ao número 1 no Reino Unido. 

From me to you substituiu How do you do it, de Gerry and The Pacemakers no primeiro lugar dos charts. Hod do you do it foi oferecida aos Beatles por George Martin, mas eles se recusaram, querendo gravar o próprio material deles. Chegaram a gravar, inclusive, mas só foi lançada em 1995, no álbum Anthology. Em vez de How do you do it, os Beatles lançaram Love me do. 

Gerry and The Pacemakers, que também eram de Liverpool e também tinham Brian Epstein como manager, eram os grandes rivais dos Beatles no começo. Foi complicado, pois Gerry and The Pacemakers chegaram primeiro ao número 1 dos charts britânicos, pra se perceber como era forte a competição. O segundo e o terceiro número 1 também tiveram antes dos Beatles. Só perderam espaço quando a Beatlemania estourou em 1964 e foi aquela loucura. 

Nos Estados Unidos, inicialmente, foi um fracasso redundante. Teve um fracasso ainda maior do que Please please me. No final de junho, tinha vendido apenas 4 mil cópias e lógico não entrou em nenhum chart.  

O DJ Dick Biondi, que havia tocado Please please me na WLS em Chicago, foi demitido e contratado pela KRLA 1110, de Los Angeles. Convenceu a colocar From me to you na playlist da rádio, divulgando os Beatles na Califórnia. Por causa desse cara, e das vendas resultantes na região, os Beatles entraram na posição 116 dos charts pop americanos no dia 10 de agosto. Mesmo assim foi a primeira vez que os Beatles apareciam num chart nacional americano. No fim, com a ajuda de Biondi, as vendas subiram de 4 mil pra 22 mil cópias, nesse lançamento original. Três vezes mais do que Please please me vendeu. 

Então veio o segundo lançamento americano, em 30 de janeiro de 1964. Dessa vez, From me to you chegou aos chats pop americanos no dia 7 de março, na posição número 41 e vendeu aproximadamente 1.1 milhão de cópias em 1964. A versão stereo, gravada em dois canais, não tem gaita na introdução que foi colocada na versão mono. 

John fez os vocais, tocou gaita e guitarra rítmica. Paul fez os vocais e tocou baixo. George tocou guitarra solo e backing vocals. Ringo tocou bateria.  

Mas em 18 de abril de 1963, os Beatles eram um doa 15 artistas a tocar no concerto chamado de Swingin sound’63, no Royal Albert Hall, em Londres. Eles tocaram From me to you e Twist and shout. Del Shannon estava também tocando no show. Depois do show, ele disse a John Lennon que iria gravar From me to you, pra ajudar a divulgar o grupo na América. 

No começo, John ficou todo orgulhoso, mas logo mudou sua ideia, pensando que uma versão cover feita por Shannon poderia prejudicar os Beatles a terem um hit na América. Como foi verdade, John estava certo temporariamente, mas no fim, nenhuma das duas versões se tornara um hit na América. 

A versão de Shannon entrou nos charts pop em 29 de junho, se transformando na primeira composição de John e Paul a entrarem nos charts pop americanos. Ficou quatro semanas nos charts e a melhor posição foi a 77. 

Shannon disse que nessa época, ninguém havia ouvido falar nos Beatles ainda na América, mas ele decidiu pegar uma música deles pois percebeu que eram grandes compositores. 

Claude François gravou uma versão em francês em 1963 chamada Des bises de moi pour toi. The Bee Gees gravaram uma versão em junho de 1964. Mae West gravou em 1967 no álbum de Natal. Bobby McFerrin gravaria em 1985. 

Muitas versões diferentes foram usadas pelos comerciais da cadeia de lojas Macy’s, na época do Natal de 2005. 

Em novembro de 2008, foi usada em um comercial no Reino Unido. Foi a primeira música dos Beatles a ser usada em comerciais no país deles. Foi numa campanha de John Lewi’s. Foi uma versão de voz e piano, mais lenta. 

A banda canadense Walk off the earth lançou uma versão em fevereiro de 2012 de From me to you, que foi usada pela Telus em sua propaganda. 

A letra:

Da da da da da dum dum da
Da da da da da dum dum da

If there's anything that you want
If there's anything I can do
Just call on me and I'll send it along
With love from me to you

I've got everything that you want
Like a heart that's oh so true
Just call on me and I'll send it along
With love from me to you

I got arms that long to hold you
And keep you by my side
I got lips that long to kiss you
And keep you satisfied, oooh

If there's anything that you want
If there's anything I can do
Just call on me and I'll send it along
With love from me to you

From me, to you
Just call on me and I'll send it along
With love from me to you

I got arms that long to hold you
And keep you by my side
I got lips that long to kiss you
And keep you satisfied, oooh

If there's anything that you want
If there's anything I can do
Just call on me and I'll send it along
With love from me to you
To you, to you, to you 


A gravação original dos Beatles:



A gravação de Del Shannon:



A versão dos Walk off the earth:

No comments:

Post a Comment