Friday, May 17, 2013

1962-1963: 206 – Roy Orbison – Dream baby (How long must I dream?) (1962)


Escrita por Cindy Walker, originalmente lançada por Roy Orbison em 1962. Foi o maior hit internacional de Orbison, chegando ao númro 2 na Australia e Reino Unido e número 4 nos charts pop americanos. Chegou tambem ao TOP 10 no Canadá e Noruega.
 
Foi regravada várias vezes, incluindo uma regravação famosa de Glen Campbell, lançada em março de 1971. Essa versao de Campbell chegou ao número 7 nos charts Country e número 4 nos charts Country no Canadá. Tambem foi regravada por Jerry Lee Lewis em 1967 e tambem por Waylon Jennings. 

A letra:

Sweet dream baby
Sweet dream baby
Sweet dream baby
How long must I dream?

Dream baby got me dreaming sweet dreams, the whole day through
Dream baby got me dreaming sweet dreams, the night-time too
I love you and I'm dreaming of you, that won't do
Dream baby, make me stop my dreaming, you can make my dreams come true

Sweet dream baby
Sweet dream baby
Sweet dream baby
How long must I dream?

Dream baby got me dreaming sweet dreams, the whole day through
Dream baby got me dreaming sweet dreams, the night-time too
I love you and I'm dreaming of you, that won't do
Dream baby, make me stop my dreaming, you can make my dreams come true

Oh sweet dream baby
Yeah sweet dream baby
Sweet dream baby
How long must I dream?

Sweet dream baby
Sweet dream baby
Sweet dream baby

Roy Orbison, nos anos 1980s, pouco antes da sua morte, tocando Dream baby com Bruce Springsteen, Elvis Costello, K.D. Lang, Tom Waits, entre outros:



Glen Campbell em 1971:



A versão das Marvelettes, somente áudio:

Thursday, May 16, 2013

1962-1963: 205 – The Beach Boys – Surfin’ safari (1962)


Escrita Brian Wilson e Mike Love, foi lançada pelo grupo deles, The Beach Boys, em 4 de junho de 1962, pela Capitol Records. Foi gravada em 19 de abril e 1962.  Chegou ao número 14 dos charts pop americanos. Teve como Lado B a música "409".
 
A sessão foi produzida por Brian Wilson e teve David Marks e Carl Wilson nas guitarras, Brian Wilson no baixo e Dennis Wilson na bateria. A cancao teve Mike Love nos vocais principais, com backing vocals feitos por Brian, Carl e Dennis Wilson, e pelo proprio Mike Love. Foi o primeiro compacto simples que foi lançado por um grande selo. 

Foi lançado em outubro de 1962 no Reino Unido, sendo o primeiro compacto do grupo à chegar lá. Foi um fracasso estrondoso por lá, mas se tornou no primeiro hit internacional do grupo. Em setembro, já era o número 7 na Australia e número 1 na Suécia.

Os Ramones fizeram uma regravacao dessa canção em 1993, encontrada no album Acid Eaters, entre outros artistas. 

A letra:

Let's go surfin' now
Everybody's learning how
Come on and safari with me
(Come on and safari with...)

Early in the morning we'll be startin' out
Some honeys will be coming along
We're loading up our Woody
With our boards inside
And headin' out singing our song

Come on (surfin') baby wait and see (surfin' safari)
Yes I'm gonna (surfin') take you surfin' (surfin' safari)with me
Come along (surfin') baby wait and see (surfin' safari)
Yes I'm gonna (surfin') take you surfin' (surfin' safari)with me

Let's go surfin' now
Everybody's learning how
Come on and safari with me
(Come on and safari with...)

At Huntington and Malibu
They're shooting the pier
At Rincon they're walking the nose
We're going on safari to the islands this year
So if you're coming get ready to go

Come on (surfin') baby wait and see (surfin' safari)
Yes I'm gonna (surfin') take you surfin' (surfin' safari)with me
Come along (surfin') baby wait and see (surfin' safari)
Yes I'm gonna (surfin') take you surfin' (surfin' safari)with me

Let's go surfin' now
Everybody's learning how
Come on and safari with me
(Come on and safari with...)

They're anglin' in Laguna in Cerro Azul
They're kicking out in Dohini too
I tell you surfing's mighty wild
It's getting bigger every day
From Hawaii to the shores of Peru

Come on (surfin') baby wait and see (surfin' safari)
Yes I'm gonna (surfin') take you surfin' (surfin' safari)with me
Come along (surfin') baby wait and see (surfin' safari)
Yes I'm gonna (surfin') take you surfin' (surfin' safari)with me

Let's go surfin' now
Everybody's learning how
Come on and safari with me
(Come on and safari with...)

With me Surfin' Safari
With me Surfin' Safari
With me Surfin' Safari
With me Surfin' Safari
With me Surfin' Safari
With me Surfin' Safari
With me Surfin' Safari

The Beach Boys com Surfin' safari, em 1962:



The Beach Boys há pouco tempo atrás:



Agora a versão dos Ramones, somente áudio:



Tuesday, May 14, 2013

1962-1963: 204 – Elvis Presley – Return to sender (1962)


Escrita por Otis Blackwell e Winfield Scott, foi lançada por Elvis Presley em 1962. Foi gravada em 27 de março de 1962 no Radio Recorders, em Hollywood, California. Fala de um sujeito que manda uma carta pra sua namorada depois de uma briga. Ela continua escrevendo “return to sender”, com várias razoes pra carta voltar pra quem enviou, como “endereço desconhecido”, ou “não existe essa pessoa ali”. Mas o cara continua mandando, se recusando a aceitar o fim do romance. 
 
Barney Kessel tocou guitarra eletrica, Ray Siegal Baixo, DJ Fontana bateria, Dudley Brooks piano e Boots Randolph sax baritono, alem dos Jordanaires nos backing vocals. 

Return to sender chegou ao número 1 no Reino Unido e número 2 nos charts pop americanos, e número 5 nos charts de rhytm and blues. Foi número 1 na Irlanda tambem e recebeu disco de platina por vender mais de um milhao de copias nos Estados Unidos. 

Um ponto interessante é que nas letras se fala em “no such zone”, que se refere aos US Postal Zone, que depois virou o Zip Code. A postal zone era um ou dois digitos escritos entre a cidade e o estado, tipo New York 1, NY, enquanto que o Zip Code são 5 ou nove digitos escritos depois do estado, como New York, NY 10001. 

Em 8 de janeiro de 1993, o United States Postal Service cricou um selo postal comemorativo em honra de Elvis Presley. Muito colecionadores de selos mandaram muitos selos nos envelopes para endereços ficticios somente para receberem a carta de volta com esse selo e com a marca “Return do sender”. 

A letra:

Return to sender
Return to sender

I gave a letter to the postman,
he put it in his sack.
Bright and early next morning,
he brought my letter back.

She wrote upon it:
Return to sender, address unknown.
No such number, no such zone.
We had a quarrel, a lover's spat
I write I'm sorry but my letter keeps coming back.

So then I dropped it in the mailbox
And sent it special D.
Bright and early next morning
it came right back to me.

She wrote upon it:
Return to sender, address unknown.
No such person, no such zone.

This time I'm gonna take it myself
and put it right in her hand.
And if it comes back the very next day
then I'll understand - the writing on it

Return to sender, address unknown.
No such number, no such zone.

Return to sender
Return to sender
Return to sender

Elvis Presley com Return do Sender:


A versão de Helmut Lotti:


Elvis com Return to sender ao vivo, somente áudio:

Monday, May 13, 2013

1962-1963: 203 – Little Eva – The Loco Motion (1962)


Escrita pela dupla Carole King e Geoff Goffin, foi lançada em junho de 1962 por Little Eva, pelo selo Dimension Records. A cancao ficou famosa porque apareceu no Top 5 dos charts pop americanos tres vezes, em tres diferentes decadas. Em 1962, Little Eva levou à canção ao número 1 dos charts pop. Em 1974, Grand Funk Railroad levou novamente à canção ao número 1 dos charts pop americanos. E em 1988, a cantora australiana Kylie Minogue levou a canção ao número 3 dos charts pop americanos.
 
A música é uma música pra dançar e grande parte da letra é devotada somente à descricao da propria dança. The Loco Motion é a canção de número 359 das 500 maiores canções de todos os tempos da Rolling Stone Magazine. A versao de Little Eva tambem chegou ao número 2 dos charts ingleses e número 1 no Canadá e Noruega.

The Loco Motion foi a segunda música da historia à chegar ao número com dois artistas diferentes. A primeira foi Go away little girl, tambem escrita pela dupla Carole King e Geoff Goffin. Até hoje, somente nove canções conseguiram esse feito. 

Little Eva tinha por nome de nascença Eva Boyd e era na verdade a baby sitter do casal Carole King e Geoff Goffin. 

Alem dos dois covers já citados, em 1986 Dave Stewart e Barbara Gaskin lançaram uma versao. 

Sylvie Varthan gravou uma versão em frances, ainda em 1962, que chegou ao número 1 na França em 13 de outubro de 1962. Em 1963, The Chiffons gravaram sua versão da música. 

Carole King viria a gravar The Loco Motion ao vivo em 2005 no disco The Living Room Tour. Tambem foi gravada em 1980 no Album Pearls: Songs of Goffin and King. 

Em 1992, La Toya Jackson gravou a sua versao de The Loco Motion. Em 1997 Ringo Starr gravou uma versão ao vivo e lançou no album Ringo Starr and His Third All Starr Band Volume 1. 

A letra:

Everybody's doing a brand-new dance, now.
(Come on baby, do The Loco-motion.)
I know you'll get to like it,
If you give it a chance, now.
(Come on baby, do The Loco-motion.)
My little baby sister can do it with ease.
It's easier than learnin' your A-B-C's.
So, come on, come on, do The Loco-motion with me.

You gotta swing your hips, now.
Come on, baby, jump up, jump back.
Well, now, I think you've got the knack.

Wo, wo.
Now that you can do it, let's make a chain, now.
(Come on baby, do The Loco-motion.)
A chug-a, chug-a motion like a railroad train, now.
(Come on baby, do The Loco-motion.)
Do it nice and easy, now, don't lose control.
A little bit of rhythm and a lot of soul.
Come on, come on, do The Loco-motion with me.

(Yay, yay, yay, yeah.)
Move around the floor in a Loco-monitor

(Come on baby, do The Loco-motion.)
Do it holding hands if you get the notion.
(Come on baby, do The Loco-motion.)
There's never been a dance that's so easy to do.
It even makes you happy when you're feeling blue.
So come on, come on, do The Loco-motion with me.

You gotta swing your hips, now.
That's right.
You're doin' fine.
Come on baby.
Mmm-mmm-mmm.

Jump up, Jump back.
You're lookin' good.
Mmm-mmm-mmm.
Jump up, Jump back.
Mmmmm, yay, yay, yay, yeah...

O original de Little Eva, de 1962, somente áudio:



A versão de Kylie Minogue do fim dos anos 1980s:



Agora a versão de Carole King, com Slash, ao vivo:


Wednesday, May 8, 2013

1962-1963: 202 – The Contours – Do you love me? (1962)


Escrita e produzida pelo famoso Berry Gordy Junior, o todo poderoso da Motown. Foi gravada inicialmente pelo conjunto The Contours e lançada em 29 de junho de 1962. Do you love me? Foi o único hit Top 40 pop dos Contours nos Estados Unidos. 

Inicialmente, Berry Gordy escreveu essa cancao pro grupo The Temptations, mas eles não foram encontrados para gravar a música. Estavam em um local desconhecido e depois de gastar um bom tempo procurando por eles, Gordy esbarrou com os Contours no corredor da gravadora. Como estava querendo gravar e lançar Do you love me? o mais rápido possivel, Gordy decidiu dar a música pra eles. Huey Davia tocou as guitarras na gravacao. 

Os Contours por sua vez, estavam quase sendo demitidos, apos os dois primeiros compactos deles não terem dado em nada, começaram a abracar e beijar Gordy, agradecendo demais à esse gesto. O compacto vendeu mais de um milhao de copias e chegou ao numero 3 dos charts pop americanos e número 1 dos charts de Rhythm and blues. 

Foi regravada por Dave Clark Five e The Hollies, entre outros. 

Em 1987, foi usada no filme Dirty Dancing, o que reavivou a sua popularidade, chegando ao número 11 dos charts pop americanos.  Foi tambem inclusa nas trilhas sonoras ds filmes Getting even with dad (1994) e The Wanderers (1979).

A letra:

Do You Love Me by The Contours
You broke my heart
'Cause I couldn't dance
You didn't even want me around
And now I'm back, to let you know
I can really shake 'em down

Do you love me? (I can really move)
Do you love me? (I'm in the groove)
Ah do you love? (Do you love me)
Now that I can dance (dance)

Watch me now, oh (work, work)
Ah, work it all baby (work, work)
Well, you're drivin' me crazy (work, work)
With a little bit of soul now (work)

I can mash-potatoe (I can mash-potatoe)
And I can do the twist (I can do the twist)
Now tell me baby (tell me baby)
Mmm, do you like it like this (do you like it like this)
Tell me (tell me)
Tell me

Do you love me? (Do you love me)
Now, do you love me? (Do you love me)
Now, do you love me? (Do you love me)
Now that I can dance (dance)

Watch me now, oh (work, work)
Ah, shake it up, shake it (work, work)
Ah, shake 'em, shake 'em down (work, work)
Ah, little bit of soul now (work)

(work, work)
Ah, shake it, shake it baby (work, work)
Ah, you're driving me crazy (work, work)
Ah, don't get lazy (work)

I can mash-potatoe (I can mash-potatoe)
And I can do the twist (I can do the twist)
Well now tell me baby (tell me baby)
Mmm, do you like it like this (do you like it like this)
Tell me (tell me)
Tell me

Do you love me? (Do you love me?)
Now, do you love me? (Do you love me?)
Now, do you love me? (Do you love me?)
(Now, now, now)

(work, work)
Ah, I'm working hard baby (work, work)
Well, you're driving me crazy (work, work)
And don't you get lazy (work)

(work, work)
Ah, hey hey baby (work, work)
Well, you're driving me crazy (work, work)
And don't you get lazy (work)


The Contours com Do you love me?



Dave Clark Five com Do you love me? 



Agora a versão dos Hollies, somente áudio: