Monday, June 2, 2014

304 – The Beatles – You can’t do that (1964)




Escrita por John Lennon mas creditada à Lennon/McCartney, foi gravada em 25 de fevereiro de 1964, nos estudios EMI em Londres, o Abbey Road. Foi lançada em 16 de julho de 1964. Foi lançada no LP A hard day’s night e em compacto simples, como Lado B do compacto que tinha Can’t buy me love como Lado A.  

Uma das canções semi-autobiograficas de John. Contradiz o tom genial com ameaças tensas e paranoia sexual. O tema de ciumes dessa canção foi revisitado por John em Run for your life e em Jealous guy. John tocou a guitarra solo, solo esse que ele criou. Isso era raro. 

John foi influenciado pelo ainda desconhecido Wilson Pickett na composicao dessa música. A cancao reflete o amor de John pelo Rhythm and Blues americano hard core.  

Quando as filmagens de A hard day’s night começaram, o diretor Dick Lester precisava que os Beatles trouxessem material inédito,e You can’t do that foi selecionada como parte da cena do Scala Theatre, onde eles tocam ao vivo, mas no final foi cortada juntamente com I’ll cry instead e I call your name. A gravacao levou 9 takes pra ser finalizada e ia ser o proximo Lado de um compacto, até que Paul escreveu Can’t buy me love e essa passou a ser o Lado A e You can’t do that o Lado B.  

Um take somente com o guia vocal de John foi inclusa no Anthology. Foi a primeira canção aser terminada na semana antes do começo das gravacoes de A hard day’s night. I should have known better e And I love her foram começadas no mesmo dia. 

Quando estavam em New York pro programa The Ed Sullivan Show, George Harrison ganhou de presente uma Rickenbacker 360 Deluxe, uma guitarra elétrica de 12 cordas que valia em 1964 a bagatela de 900 dolares. Essa guitarra foi a segunda produzida pela Rickenbacker. Ela foi ouvida pela primeira vez em You can’t do that. Ela tinha sido usada em Can’t buy me love, mas foi perdida na mixagem, entao fica sendo You can’t do that como a primeira.

George iria tocar a Rickenbacker em quase todas as músicas do LP A hard day’s night e foi a grande inspiracao pra Riger McGuinn, que depois fundaria os Byrds. 

Foi lançada primeiro nos Estados Unidos, em 16 de março de 1964 e em 20 de março no Reino Unido. Foi o sétimo compacto americano e o sexto ingles. Foi depois inclusa no album A hard day’s night. 

Os Beatles foram filmados cantando You can’t do that no sho que encerra o filme. A gravacao foi em 31 de março de 1964 no Scala Theatre, em Londres, mas não foi usada como dito anteriormente. Foi tocada no The Ed Sullivan Show de 24 de maio. Essa performance foi inclusa no filme The Makinf of A hard day’s night. 

Os Beatles gravaram You can’t do that 4 vezes pra radio BBC em 1964. Se tornou parte do repertorio ao vivo da banda naquele ano e era a segunda música do setlist, logo depois de Twist and Shout, durante as turnês americana e australiana. 

George Martin colocou um piano no dia 22 de maio, mas essa versao com o piano de Martin nunca foi usada. 

John cantou, tocou guitarra ritmica e solo. Paul tocou baixo, sino de vaca e fez backing vocals. George Harrison fez backing vocals e a guitarra solo numa Ricekbacker de 12 cordas. Ringo tocou bateria e congas. 

Foi regravada por Harry Nilsson, no seu primeiro album Pandemonium Shadow Show, de 1967. Ficou mais devagar. Foi o primeiro hit de Nilsson como performer. Chegou somente ao número 122 dos charts americanos, mas foi Top 10 no Canada. 

Nilsson se tornou no artista favorito dos Beatles. John Lennon dissse ter ouvido o disco Pandemonium Shadow Show por 36 horas seguidas quando recebeu uma cópia dada de presente por Derek Taylor. John entao ligou pra Nilsson pra dar os parabens pelo disco e começaram uma amizade que durou até o fim da vida de John. 

Em 1968, numa conferencia de imprensa quando foram formar a Apple Corps, perguntaram a John Lennon qual era o seu artista americano favorito e ele disse Harry Nilsson. Paul McCartney foi questionado da mesma forma e respondeu Harry Nilsson. 

As Supremes tambem fizeram uma versao em 1964 de You can’t do that. Danielle Licari em 1966, Vanilla Fidge, Andy Ellison, tambem fizeram uma versao dessa canção. Em 1991, The Bobs fizeram uma versao a cappella. The Punkies tambem fizeram uma versao, Amanda Overmyer cantou no American Idol, The Head Cat gravou em 2011 e Jim Schoenfeld gravou-a em 1972. 

A letra:

I got something to say that might cause you pain
If I catch you talking to that boy again
I'm gonna let you down
And leave you flat
Because I told you before, oh
You can't do that

Well, it's the second time I've caught you talking to him
Do I have to tell you one more time, I think it's a sin
I think I'll let you down (Let you down)
And leave you flat (Gonna let you down and leave you flat)
Because I've told you before, oh
You can't do that

Everybody's green
Cos I'm the one who won your love
But if they'd seen
You're talking that way they'd laugh in my face

So please listen to me, if you wanna stay mine
I can't help my feelings, I'll go out of my mind
I'm gonna let you down (Let you down)
And leave you flat (Gonna let you down and leave you flat)
Because I've told you before, oh
You can't do that, oh

(You can't do that
You can't do that
You can't do that
You can't do that
You can't do that)

Everybody's green
Cos I'm the one who won your love
But if they'd seen
You're talking that way they'd laugh in my face

So please listen to me, if you wanna stay mine
I can't help my feelings, I'll go out of my mind
I'm gonna let you down (Let you down)
And leave you flat (Gonna let you down and leave you flat)
Because I've told you before, oh
You can't do that

A versao original dos Beatles, de 1964:


A versao de Harry Nilsson, de 1967:


A versao das Supremes, de 1964:

No comments:

Post a Comment