Tuesday, March 11, 2014

284 – The Crystals – He’s a rebel (1962)


Escrita por Gene Pitney, foi lançada pelas Crystals em agosto de 1962. Foi produzida pelo lendário Phil Spector. Chegou ao número 1 dos charts pop americanos em novembro de 1962. É considerado um dos exemplos mais fortes do estilo de produzir de Phil Spector pra grupos vocais femininos. É a canção de número 263 da lista das 500 maiores canções de todos os tempos da revista Roling Stone. 
 
A canção fala de uma menina que ama um cara que não aceita muito as convenções da sociedade, o chamado rebelde. E apesar dele ser mal compreendido pelos outros, ela diz que ele é muito doce e leal e ela diz que fará o mesmo com relação a ele. 

Steve Douglas toca um solo de saxofone durante a bridge. Al Deroy toca o riff de piano do inicio. Contrariando as gravações de Phil Spector, cordas não foram adicionadas à gravação. 

Gene Pitney originalmente escreveu He’s a rebel para as Shirelles, mas elas não gostaram. Então Phil Spector ficou sabendo que Vikki Carr iria gravar uma versão dessa música pra Liberty Records e então decidiu apressar pra colocar sua própria versão nas lojas antes dela. 

As Crystals estavam em turnê pela costa leste e então Spector colocou Darlene Love nos vocais principais, acompanhada de um outro grupo de Los Angeles chamado The Blossoms. Mesmo assim Phil Spector disse que foram as Crystals que gravaram. 

Mary Thomas, uma das membras das Crystals, disse que ficaram de boca aberta quando ouviram no rádio o DJ dizer com vocês a nova canção das Crystals. Elas não tinham conhecimento do que estava acontecendo. Elas então foram obrigadas a incluir a canção no repertório ao vivo da banda, embora a vocalista principal, Barbara Alston tivesse uma voz soft e não pudesse imitar a voz poderosa de Darlene Love. 

Por causa dessa razão, uma menina de 15 anos chamada Dolores LaLa Brooks foi promovida ao papel de cantora principal no ano seguinte, começando com Then he kissed me, a música número 260 dessa nossa lista. 

O compacto simples, foi lançado no fim de agosto de 1962, com o lado B tendo a música I love you Eddie. Em 3 de novembro, He’s a rebel chegou ao número 1. O que mostra como Phil Spector era foda e como as Shirelles perderam um número 1 dos charts pop americanos. 

O incrível foi que nessa mesma semana, Gene Pitney colocou outra música no segundo lugar. Era Only love can break your heart, com ele cantando essa segunda. No Reino Unido, He’s a rebel chegou ao número 19.
Darlene Love fez os vocais principais e Edna Wright se juntou a ela durante o refrão. Os backing vocals foram feitos por Edna Wright, Fanita James, Gracia Nitzsche, Gloria Jones e Bobby Sheen. 

Barbi Benton gravou uma versão em 1976. Em 1977, foi a vez dos Boones. Em 1979, foi a vez de Maureen McGovern. Alisha’s Attic gravou em 1997.  

A letra:

See the way he walks down the street
Watch the way he shuffles his feet
My, he holds his head up high
When he goes walking by, he's my guy
When he holds my hand, I'm so proud
'Cause he's not just one of the crowd
My baby's always the one to try the things they've never done
And just because of that, they say
He's a rebel and he'll never ever be any good
He's a rebel 'cause he never ever does what he should
But just because he doesn't do what everybody else does
That's no reason why I can't give him all my love
He's always good to me, always treats me tenderly
'Cause he's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no, to me
If they don't like him that way
They won't like me after today
I'll be standing right by his side when they say
He's a rebel and he'll never ever be any good
He's a rebel 'cause he never ever does what he should
Just because he doesn't do what everybody else does
That's no reason why we can't share a love
He's always good to me, good to him, I try to be
'Cause he's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no, to me
Oh, he's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no
He's not a rebel, oh, no, no, no


The Crystals com He's a rebel:

)

Darlene Love, sozinha, muitos anos depois:

)

A versão de Vikki Carr, que apressou Phil Spector a lançar a dele rápido:

)

No comments:

Post a Comment