Thursday, February 20, 2014

271 – The Beatles – All my loving (1963)


Escrita por John Lennon e Paul McCartney, foi gravada em 30 de julho de 1963. Foi lançada no disco With The Beatles em 22 de novembro de 1963.

Na verdade, a canção foi escrita somente por Paul, colocado o nome de John somente devido ao acordo que tinham entre si de colocar o nome dos dois em todas as canções que faziam pros Beatles. 

Foi lançada como single no Canadá. Os discos foram exportados pros Estados Unidos, numa quantidade tal que chegou ao número 45 dos chats pops americanos em abril de 1964. 

Paul disse que foi a primeira canção da sua vida em que compôs a letra primeiro. E disse que depois dessa vez, quase nunca mais fez outra começando pela letra. O modelo é de carta de amor, como usada anteriormente em P.S. I love you. Chegando num show, Paul compôs a música num piano que tinha atrás do palco. 

No inicio, Paul queria uma canção country e assim George Harrison adicionou um solo de guitarra no estilo Nashville. A guitarra rítmica de John usa batida similar a Dadoo ron ron, das Crystals. Paul então adicionou sua linha de baixo. 

Na entrevista da Playboy em 1980, pouco antes de morrer, John disse que sentia muito, mas All my loving foi escrita somente por Paul. O repórter pergunta porque, e John diz: “Porque é uma música do caralho. Mas eu toquei uma guitarra muito boa no fundo também”. 

Foi gravada em 30 de julho de 1963 em 11 takes, com 3 overdubs. O take master foi o take 14 com overdud do take 11. Foi mixada em 21 de agosto em Mono e 29 de outubro em Estéreo. Foi lançada originalmente no Reino Unido em 22 de novembro de 1963 álbum With The Beatles. E nos Estados Unidos em 20 de janeiro de 1964. 

Foi a primeira música tocada na estreia dos Beatles no The Ed Sullivan Show, em 9 de fevereiro de 1964. A gravação dessa apresentação pode ser encontrada no álbum Anthology 1. Tambem tocaram All my loving 3 vezes na BBC. Uma em 1963 e duas em 1964. A última versão, de 28 de fevereiro de 1964, foi lançada no álbum Live at BBC. 

A canção foi usada duas vezes em filmes pelo Beatles. A primeira em A hard day’s night. E a segunda uma versão instrumental no filme Magical Mystery Tour. Dizem que All my loving estava tocando no sistema de som do Roosevelt Hospital, quando Lennon foi pronunciado morto, em 8 de dezembro de 1980. 

O crítico Ian MacDonald disse que a inocência do pop britânico do início dos anos 1960s é perfeitamente destilada na simplicidade eloquente dessa música. E disse também que foi a canção que fez com que Paul fosse visto como mais igual a John. O critico Richie Unterberger disse que era a melhor canção dos Beatles que não foi lançada em compacto antes de 1964 e que se fosse um compacto nos Estados Unidos, teria sido um sucesso estrondoso.

Paul tocou baixo, fez os backing vocals, harmonia e os vocais principais. John fez os backing vocals e tocou guitarra rítmica. George Harrison tocou guitarra solo e fez backing vocals e Ringo Starr tocou a bateria.  

Annette Funicello gravou-a em 1964, Johnny and His Cellar Rockers tambem em 1964, Donna Loren em 1965, Amy Winehouse em 2004. Scotty Anderson em 2003. Chet Atkins em 1995, entre outros inúmeros artistas.

A letra:

Close your eyes and I'll kiss you
Tomorrow I'll miss you
Remember I'll always be true
And then while I'm away
I'll write home every day
And I'll send all my loving to you

I'll pretend that I'm kissing
The lips I am missing
And hope that my dreams will come true
And then while I'm away
I'll write home every day
And I'll send all my loving to you

All my loving I will send to you
All my loving, darling I'll be true

Close your eyes and I'll kiss you
Tomorrow I'll miss you
Remember I'll always be true
And then while I'm away
I'll write home every day
And I'll send all my loving to you

All my loving I will send to you
All my loving, darling I'll be true
All my loving, all my loving ooh
All my loving I will send to you 


Os Beatles ao vivo em 1964, em Washington:



Paul McCartney ao vivo em 2002:



A versão de Amy Winehouse:

No comments:

Post a Comment