Tuesday, January 31, 2012

118 – Elvis Presley – (Now and then there’s) A fool such as I (1959)

Trata-se de uma cancão popular escrita por Bill Trader em 1952. A primeira versão dela foi gravada por Hank Snow, chegando ao número 4 dos charts de country no começo de 1953. Se tornou conhecida apenas “Fool such as I” na versão de Snow, e foi regravada por muitos artistas, mas a versão mais conhecida ficou a sendo gravada pelo rei do rock, Elvis Presley. 

A versão de Elvis chegou a número 1 no Reino Unido e numero 2 nos charts americanos. Chegou também ao número 16 dos charts de Rhythm and blues e teve o backing vocals feito pelos Jordanaires. Elvis gravou a cancão em 10 de junho de 1958 e lançou em 10 de março de 1959, pela RCA Records. Essa cancão foi a lado B do compacto que tinha I need your love tonight como lado A.

A versão feita em francês por Petula Clark teve mais sucesso na França do que a versão de Elvis Presley, chegando ao número 9 dos charts franceses. 

Em 1967, Bob Dylan gravou essa cancão durante as sessões do seu famoso Basement Tapes. Esse disco nunca foi lançado oficialmente, mas foi altamente copiado e contrabandeado. Ele gravou-a de novo em abril de 1969, e dessa vez ele foi lancada oficialmente pela Columbia Records, em 1973, no álbum chamado Dylan.

A letra:

(Now and then there's a fool such as I)
Pardon me, if I’m sentimental
When we say goodbye
Don't be angry with me should I cry
When you're gone, yet I’ll dream
A little dream as years go by
Now and then there's a fool such as I

Now and then there's a fool such as I am over you
You taught me how to love
And now you say that we are through
I'm a fool, but I’ll love you dear
Until the day I die
Now and then there's a fool such as I

Now and then there's a fool such as I am over you
You taught me how to love
And now you say that we are through
I'm a fool, but I’ll love you dear
Until the day I die
Now and then there's a fool such as I
Now and then there's a fool such as I
Now and then there's a fool such as I

A versao original de Elvis, somente audio:



A versão de Hank Snow:



A versao de Bob Dylan dos Basement Tapes:


No comments:

Post a Comment