Sunday, November 15, 2009

1 - Lloyd Price - Lawdy miss Clawdy (1952)


Evidentemente que a história da música não começou aqui neste ponto onde iremos começar a nossa conversa. Ela vem muito antes disso. Mas, o ponto que escolhi pra começar a nossa viagem é o ano de 1952, com um jovem de 19 anos chamado Lloyd Price. Nascido em 9 de Março de 1933, em Kenner, Estado da Louisiana, nos Estados Unidos, Price cresceu nos subúrbios de New Orleans. Price conhecia um pouco de piano e trumpete e sua mãe possuía um restaurante chamado Fish'n'frie.

Nessa época, Price trabalhava na rádio WBOK, criando jingles e lá havia um DJ chamado James Okey Dokey Smith que sempre repetia a frase Lawdy Miss Clawdy. Price então fez uma canção inspirada nessa frase do seu amigo DJ. 
 
A história conta que um dia o manda-chuva da Specialty Records, um sujeito chamado Art Rupe, estava na cidade procurando novos talentos. Rupe gostou de Lawdy Miss Clawdy criada por Price e decidiu gravar. Price não tinha uma banda e então Rupe decidiu chamar o lendário Dave Bartholomew, que na sua maravilhosa e famosa banda tinha nada menos do que Fats Domino no piano. 
 
Lawdy Miss Clawdy foi gravada em 13 de março de 1952 no Cosimo Matassa J&M Studios, em New Orleans. Dave Bartholomew foi o produtor da gravação. Também na gravação estava o lendário baterista Earl Palmer. 
 
Specialty Records lançou Lawdy Miss Clawdy em Abril de 1952. Já em Maio ela entrou nos charts de Rhythm and Blues, chegando ao número 1, permanecendo nessa posição por 7 semanas consecutivas. Venderam mais de um milhão de cópias naquele momento. 
 
Lawdy Miss Clawdy se tornou a música que mais vendeu no setor da música negra do ano de 1952 e acabou atingindo a audiência branca também. Naquela época a segregação racial e musical eram enormes, tornando o feito ainda mais incrível. Lawdy Miss Clawdy foi a gravação do ano de 1952 no mundo de R&B e Lloyd Price ganhou o prêmio de melhor novo cantor de R&B de 1952. 
 
Em 1995, Lawdy Miss Clawdy foi eleita uma das 500 canções que deram forma ao Rock and Roll. O começo da nossa história se deu com essa música pois muitos classificam Lawdy Miss Clawdy como a primeira música de Rock and Roll já criada. Além disso, era uma música de jovens criada por um jovem. 
 
Lloyd Price foi um dos primeiros artistas do mundo de R&B que atraiu a atenção dos jovens brancos do sul dos Estados Unidos, entre eles um adolescente chamado Elvis Presley, que viria alguns anos mais tarde a gravar uma versão de Lawdy Miss Clawdy. Até o presente momento, Lloyd Price está vivo e muito bem de vida morando em um subúrbio de New York City. 
 
Lawdy Miss Clawdy foi regravada por Elvis Presley, Little Richard, Larry Williams, Johnny Rivers, The Hollies, The Animals, The Buckinghams, The Beatles, Joe Cocker, The Dave Clark Five, Fats Domino, Carl Perkins, Paul McCartney, Eric Burdon, só pra ficar com alguns nomes, mas foi regravada por muitos outros artistas. 
 
Lawdy Miss Clawdy com Lloyd Price entrou no Ranking HOT 100 do Site Discografia Obrigatória três vezes: Em 2011 ficou na posição 49; Em 2012 ficou na posição 89 e em 2013 ficou na posição 99. No ano de 2014 não entrou no ranking.

Canção: Lawdy Miss Clawdy. Artista: Lloyd Price. Compositor: Lloyd Price. Gravadora: Specialty Records. Duração: 2:33. Cidade: New Orleans. Ano: 1952.

Oh, now lawdy lawdy lawdy, Miss Clawdy,
Girl, you sure look good to me.
Well, please don't excite me, baby,
Though it can't be me.

Because I give you all of my money,
Girl, but you just won't treat me right.
You like to ball in the morning,
Don't come back till late at night.

I'm gonna tell, tell my mama, lawdy I swear to God
What you been doing to me.
I'm gonna tell everybody that I'm
Down in misery.

Well, now lawdy lawdy lawdy, Miss Clawdy,
Lord, I swear to God you look good to me.
You’re just wheeling and rocking, baby,
Just as fine as you can be.

Well, so bye, bye, bye, baby,
Girl, I won't be trouble no more.
Goodbye, Clawdy, oh darling,
Down the road I'll go

Lloyd Price com Little Richard tocando Lawdy Miss Clawdy em 1994:


Elvis Presley no Comeback Special 1968:



Paul McCartney, ao vivo, em 1987.

No comments:

Post a Comment