Thursday, June 5, 2014

306 – Roy Orbison – Oh, Pretty woman! (1964)




Escrita por Roy Orbison e Bill Dees, foi lançada em compacto simples em agosto de 1964, com Yo te amo Maria como Lado B. A canção teve sucesso mundial. Foi lançada pela Monument Records, de Nashville, Tennessee. 

A canção ficou tres semanas no número 1 dos charts pop americanos e foi o terceiro compacto de Orbison a ser número 1 no Reino Unido. Anteriormente, os compactos à chegarem ao número 1 no Reino Unido de Orbison foi Only the Lonely, de 1960 e It’s over, do começo de 1964. 

Tinham tres guitarristas na sessao de gravacao de Oh Pretty Woman. Billy Sanford, Jerry Kennedy e Wayne Moss. Billy Sanford tocaria muito pra muitos artistas, desde Elvis Presley à Don Williams. Floyd Cramer tocou piano, Bob Moore no baixo, Boots Randolph e Charlie McCoy no sax e Buddy Harman e Paul Garrison na bateria. Roy Orbison tocou uma Epiphone de 12 cordas. 

Oh Pretty woman vendeu sete milhoes de copias e foi o ponto alta da carreira de Roy Orbison. Cinco anos depois do lançamento, em 1969, recebeu o disco de ouro. Em 1991, com Orbison já falecido, a canção ganhou um Grammy Award for best male pop vocal performance, na gravação ao vivo do show da HBO Roy Orbison and Friends, a black and white night. Em 1999, a canção ganhou um Grammy Hall of Fame Award e foi escolhida como um das 500 canções que deram forma ao rock and roll. É tambem a número 222 da lista das 500 maiores canções de todos os tempos da revista Rolling Stone. 

A letra conta a historia de um cara que vê uma bonita garota andando. Ele a deseja e pensa se, mesmo bonita como é, se ela é solitária como ele. No ultimo minuto, ela volta e se junta à ele. O titulo da música foi inspirado na esposa de Orbison, Claudette, que disse pra ele que estava de saída e ele perguntou se ela precisava de dinheiro. O co-autor da música Bill Dees entao disse “A pretty woman never needs any money”. E daí tiraram o titulo da música.  

Foi regravada por Johnny Rivers em 1964, por Al Green em 1972 e por Victor Wood, em 1976 foi a vez de Andy Kim e John Mellencamp. Em 1978, foi regravada por Connie Francis. Em 1982 foi a vez de Van Halen. Em 1986 por The Holy Sisters of the Gaga Dada. Em 1987 por Bad News. Em 1983, Sam Hui gravou uma versao em Cantones. Em 1990, Ricky Van Shelton gravou uma versao. Em 1991 foi a vez de Nokie Edwards. Em 2009, Bruce Springsteen cantou-a com John Fogerty ao vivo no rock and roll hall of fame. 

O filme Pretty Woman, com Richard Gere e Julia Roberts foi inspirada nessa canção. 

A letra:

Pretty woman, walking down the street
Pretty woman, the kind I like to meet
Pretty woman
I don't believe you, you're not the truth
No one could look as good as you
Mercy

Pretty woman, won't you pardon me
Pretty woman, I couldn't help but see
Pretty woman
That you look lovely as can be
Are you lonely just like me
Wroooooow

Pretty woman, stop a while
Pretty woman, talk a while
Pretty woman, give your smile to me
Pretty woman, yeah yeah yeah
Pretty woman, look my way
Pretty woman, say you'll stay with me
'Cause I need you, I'll treat you right
Come with me baby, be mine tonight

Pretty woman, don't walk on by
Pretty woman, don't make me cry
Pretty woman, don't walk away, hey...okay
If that's the way it must be, okay
I guess I'll go on home, it's late
There'll be tomorrow night, but wait
What do I see?
Is she walking back to me?
Yeah, she's walking back to me!
Oh, oh, Pretty woman!


Roy Orbison em 1964:



Roy Orbison com amigos, como Bruce Springsteen, James Burton (ex-guitarrista de Ricky Nelson e Elvis Presley), Tom Waits, KD Lang, Jackson Browne e Elvis Costello, em 1987:



Agora Bruce Springsteen com John Fogerty em 2009:


No comments:

Post a Comment