Monday, August 22, 2016

531 – The Beatles – She said, she said (1966)

Escrita por John Lennon mas creditada à dupla Lennon/McCartney, foi gravada em 21 de junho de 1966 e lançada no álbum Revolver, de 5 de agosto de 1966. John a descreve como uma canção de ácido, inspirada no que disse o ator Peter Fonda durante uma viagem de ácido que eles fizeram juntos e com a banda Byrds, em 1965.

No final de agosto de 1965, Brian Epstein, manager dos Beatles, alugou uma casa no endereço 2850, Benedict Canyon, em Beverly Hills, na California, para os Beatles ficarem 6 dias durante sua turnê pelos Estados Unidos. A casa, em estilo espanhol, estava do lado de uma montanha. Logo os fãs ficaram sabendo e não saiam da porta, uma multidão. Tentavam ir pela montanha, outros alugavam helicópteros, não tinham sossêgo. O departamento de polícia destacou um batalhão pra dar segurança aos Beatles.

Assim, eles não tinham como sair e começaram a convidar as pessoas. Eleanor Bron, que trabalhou no filme Help!, Peggy Lipton, Joan Baez e no dia 24 de agosto, eles chamaram os Byrds e Peter Fonda e todos tomaram ácido, menos Paul McCartney.

Peter Fonda disse que quando conseguiu se livrar dos fãs e guardas, Paul e George estavam no patio, no fundo da casa e os helicópteros sobrevoando a propriedade. Eles estavam debaixo de um guarda sol tentando ter alguma privacidade. Começaram a tomar ácido por 24 horas seguidas e todos que tomaram acabaram vomitando até as tripas.

Peter Fonda disse que teve o privilégio de ouvir eles tocando, cantando e brincando, falando de composições. Disse que eles eram entusiasmados e divertidos. Disse que John era o mais esperto e astuto. Que era bom ouvi-lo falar, com muita sabedoria, mesmo não tendo a intenção de ser pretensioso. Disse que ele apenas sentava, dizia frases de poesia e pensamentos, que tinha uma mente brilhante. Que ele falava muito, mas mesmo assim se mostrava muito privado.

Peter Fonda, durante a viagem de ácido, contou de um acidente com arma que teve quando criança. Fonda disse que sabia como era estar morto. Lennon disse pra Fonda, “Listen mate, shut up about that stuff”, cale a boca acerca desse assunto!!. E completou dizendo, “You're making me feel like I never been born”, você está fazendo eu me sentir como se nunca tivesse nascido.

John disse que não queria ouvir aquela história. Eles muito doidos de ácido, o sol nascendo, o mulherio dançando, eram os anos 60, tudo lindo e aquele cara com aquela caninga. John disse que nem conhecia direito Fonda, que ele tinha feito Easy Rider e tal e dizendo que sabia o que era estar morto, de oculos escuros e tal. John disse que saiam de perto pois ele era muito entediante.

George Harrison tambem não gostou. Disse que não queria ouvir o que era estar morto, durante uma viagem de ácido e o cara, Fonda, ficava mostrando o ferimento de bala.

Foi então que perceberam que não tinham comido e foram pra cozinha comer algo. O ácido não deixava, as maos não respondiam, a comida toda caiu no chao.

George Harrison disse que ajudou Lennon a juntar 3 diferentes partes que ele tinha escrito. Lennon disse que foi uma verdadeira solda que ele fez. A bateria de Ringo ficou espetacular e é um dos melhores trabalhos dele, de acordo com ele mesmo e com os críticos. Ele tocou uma bateria em padrão circular. Muitos dizem que foi um dos melhores trabalhos já feito por um baterista em música pop.
She said, she said é uma complexa mistura de inadequação, falta de ajuda e um medo profundo, uma conexão direta com o psiquico de John Lennon. O centro da dor de Lennon é uma sensação sem fim de abandono.

She said, she said foi a última canção gravada durante as sessões de Revolver. Levaram 9 horas pra ensaiar e gravar a canção.

Paul não tocou na gravação e George Harrison tocou o baixo. Muitos dizem que Paul não gravou pois não usava LSD e a canção era sobre isso e ele não concordava com o tema.

John cantou, tocou órgão Hammond e tocou guitarra ritmica. George Harrison tocou guitarra solo, baixo e fez backing vocals. Ringo tocou bateria e chocalho.

A letra:

She said, "I know what it's like to be dead.
I know what it is to be sad."
And she's making me feel like I've never been born

I said, "Who put all those things in your head?
Things that make me feel that I'm mad.
And you're making me feel like I've never been born."

She said, "You don't understand what I said."
I said, "No, no, no, you're wrong.
When I was a boy everything was right,
Everything was right."

I said, "Even though you know what you know,
I know that I'm ready to leave
'Cause you're making me feel like I've never been born."

She said, "You don't understand what I said."
I said, "No, no, no, you're wrong.
When I was a boy everything was right,
Everything was right."

I said, "Even though you know what you know,
I know that I'm ready to leave
'Cause you're making me feel like I've never been born."

She said, "I know what it's like to be dead.
I know what it is to be sad.
I know what it's like to be dead..."

A versão dos Black Keys:


A versão dos Vickers:


A versão dos Feelies:

No comments:

Post a Comment