Saturday, May 3, 2014

296 – The Beatles – Not a second time (1963)


Escrita por John Lennon, embora creditada à Lennon/McCartney, foi gravada em 11 de setembro de 1963 e lançada em 22 de novembro de 1963, no album With The Beatles. John disse que estava tentando escerver uma canção noe stilo de Skomey Robinson. 
 
Na gravação John fez os vocais e tocou violão, Paul tocou baixo, Ringo bateria e George Martin tocou piano. Foi a primeira gravação dos Beatles em que George Harrison não participou. 

Os críticos disseeram que os vocais de John possuiam uma cadencia éolica. John disse muitos anos depois que não tinha a menor idéia sobre o que era isso. Que para ele isso soava como pássaros exóticos. Mas não verdade, Cadencia éolica é quando uma nota maior se resolve no acorde VI, que é o acorde tônico da nota menor relativa. O termo é derivado do fato que é modo éolico é enraizado no sexto passo de uma escala maior. 

O momento éolico ocorreu no fim da frase que começa em Lá menor “(Am) You hurt me then, you’re back again, No (Bm), no no (D7), not a second time (Em). Enquanto todos esperam que acorde D7, dominante de G, volte ao G, mas é substituído pelo acorde Em, dando suporte à uma nota E isolada, no tempo certo.

Outro momento interessante da canção é quando o piano tocado por George Martin não alterna entre G e Em, mas entre G e E, fazendo com que a presença do extra G# do piano (a terceira maior do acorde E) crie uma tensa aurea em comparação acorde natural G do acorde Em do violão. 

Foi regravada por R. Stevie Moore em 1978, por Robert Palmer em 1980, pelos Pretenders em 1990 e pelos Smithreens em 2007. 

A letra:

You know you made me cry,
I see no use in wondering why,
I cried for you.

And now, you've changed your mind,
I see no reason to change mine,
I cried, it's through, oh.
Oh, you're giving me the same old line,
I'm wondering why,
You hurt me then, you're back again,
No, no, no, not a second time.

You know you made me cry,
I see no use in wondering why,
I cried for you, yeah

And now, you've changed your mind,
I see no reason to change mine,
I cried, it's through, oh.

Oh, you're giving me the same old line,
I'm wondering why,
You hurt me then, you're back again,
No, no, no, not a second time.
Not a second time, not a second time, no no no, not a second time…

A versao original dos Beatles, de 1963:


A versao de Robert Palmer, de 1980:


A versao dos Pretenders, de 1990:

No comments:

Post a Comment