Monday, December 9, 2013

254 – Buck Owens and The Buckaroos – Act naturally (1963)



Escrita por Johnny Russell e Voni Morrison, foi gravada em 12 de fevereiro de 1963, nos estúdios da Capitol, em Hollywood, Califórnia, por Buck Owens and The Buckaroos Ken Nelson foi o produtor. Foi lançada em 11 de março de 1963, como Lado A de um compacto simples que tinha Over and over again como Lado B. 

Chegaram ao número 1 dos charts country americanos em 1963, sendo sua primeira gravação à chegar ao número 1. Em 2002, Shelley Fabian, do site about.com, ranqueou a canção como 169 da lista dela das 500 maiores canções de country de todos os tempos. Teve inúmeras versões, incluindo Loretta Lynn, Dwight Yoakam e os Beatles, com vocais de Ringo Starr. 

Russell, que era originário do Mississpi, estava morando em Fresno, Califórnia no começo dos anos 1960s. uma noite, alguns dos seus amigos de Oaklahoma iam pra uma sessão de gravação em Los Angeles e chamaram ele pra ir com eles. Pra poder ir com eles, Russell teve que deixar de ir pra um encontro com uma namorada. 

Ele falou que quando ela perguntou o motivo da ida dele pra Los Angeles, ele disse que eles iriam colocá-lo no cinema e torná-lo um grande astro. Os dois caíram na gargalhada, mas a frase ficou na música: “They are going to put me in the movies and make a big star out of me”. 

Assim, Russell criou logo de cara um conceito pra uma canção de amor baseado nesse comentário. Ele escreveu naquele dia e tentou ensinar o cantor que ele estava ajudando na sessão de gravação em Los Angeles, mas não conseguiu. Russell então queria gravar ele mesmo, mas seu produtor da época disse que não daria certo, dizendo que músicas que falavam de cinema não eram um hit. 

Passaram-se dois anos até que Buck Owens gravasse a música. Russell disse que tentou por dois anos, duro, mas ninguém quis gravar. 

Em 1963, Russell estava escrevendo músicas com uma garota chamada Voni Morrison, que estava trabalhando com um cantor de Bakersfield, Califórnia, chamado Buck Owens. Quando Russell mostrou a música pra Morrison, ela achou que iria dar certo pra Owens e prometeu a Russell que iria conseguir que Owens a gravasse. 

Como ninguém tinha gravado ainda, e como Russell tinha um acordo com Morrison sobre dividir os créditos das composições, ele deu a ela metade da composição, apesar do único trabalho dela ter sido conseguir que Owens a gravasse. 

Buck Owens não gostou de Act naturally de início, mas um membro dos Buckaroos chamado Don Rich ouviu a versão demo de Russell e gostou e eventualmente a canção foi caindo nas graças de Owens. Uma noite, Russell recebeu um telefonema de Owens perguntando se ele podia gravar a canção ele disse que sim. Russel iria descobrir mais tarde que Owens já havia gravado naquele dia e queria apenas os direitos de publicação. O que também foi dado. 

A gravação entrou nos charts logo no dia 13 de abril de 1963. No dia 15 de junho, a versão de Owens ficou 4 semanas consecutivas no número 1. Ao todo, ficou 28 semanas nos charts country. A canção ajudou a torná-lo um superstar. Antes dos anos 1960s acabarem, Buck Owens tinha 19 compactos que entraram nos charts country americanos. A canção também ajudou Russell a se estabelecer como Compositor e nos anos 1970s ele chegou a ter pequeno sucesso como cantor também. 

Os Beatles viriam a gravar uma versão dessa música em 17 de junho de 1965, nos estúdios da EMI em Londres, o famoso Abbey Road, tendo George Martin como produtor. Foi lançado em 6 de agosto de 1965 no álbum Help! no Reino Unido e também em 13 de setembro de 1965 nos Estados Unidos, mas na forma de compacto, sendo o Lado B do compacto simples que tinha Yesterday no Lado A.  

Na gravação, é cantada por Ringo Starr. Tocaram essa canção no Ed Sullivan show gravado em 14 de agosto de 1975 e que foi ao ar em 12 de setembro de 1965. Tocaram também no famoso show dos Beatles do She Stadium em 15 de agosto de 1965, alem de ter sido muito tocada na turnê americana dos Beatles de 1965, sendo alternada com I wanna be your man. 

Foi gravada em 13 takes, onde os 12 primeiros foi somente pra trabalhar nos arranjos. O take master foi o 13, o único que tinha os vocais. Foi mixada no dia seguinte. Ringo havia gravada outra canção pro álbum Help!, chamada If you’ve got troube, mas não ficaram satisfeitos com o resultado. Assim foi que Act naturally entrou no álbum. Foi o último cover que os Beatles viriam a gravar até 1969. Act naturally pelos Beatles chegou ao número 47 dos charts pop americanos. 

Ringo fez os vocais principais e a bateria. George Garrison fez a guitarra solo com double track. Paul McCartney tocou baixo e fez os backing vocals e John Lennon tocou guitarra rítmica. 

Em 1989, Buck Owens e Ringo Starr se juntaram pra gravar uma versão nova dessa canção, em 28 de março. A gravação foi produzida por Jerry Crutchfield e Jim Shaw. Criaram também um videoclipe. Os dois fazem o papel de cowboys num filme que tá sendo feito. George Bloom foi o diretor do vídeo, que foi produzido por Ken Brown. Foi lançada em 29 de julho de 1989, chegando ao número 27 dos charts country americanos, ficando 11 semanas nos charts coountry durante o verão de 1989. 

Foi a segunda vez que um membro dos Beatles aparecia nos charts country americanos. Paul McCartney apareceu com os Wings em 1975 e 1975 com a música Sally G. 

A letra:

They're gonna put me in the movies
They're gonna make a big star out of me
We'll make a film about a man that's sad and lonely
And all I gotta do is act naturally

Well, I'll bet you I'm gonna be a big star
Might win an Oscar you can never tell
The movies gonna make me a big star
'Cause I can play the part so well

Well I hope you come and see me in the movies
Then I’ll know that you will plainly see
The biggest fool that ever hit the big time
And all I gotta do is act naturally

We'll make the scene about a man that's sad and lonely
And beggin down upon his bended knee
I'll play the part but I won't need rehearsin’
All I have to do is act naturally

Well, I'll bet you I'm gonna be a big star
Might win an Oscar you can never tell
The movies gonna make me a big star
'Cause I can play the part so well

Well I hope you come and see me in the movies
Then I’ll know that you will plainly see
The biggest fool that ever hit the big time
And all I gotta do is act naturally



Buck Owens and The Buckaroos original de 1963:




Agora a versão original dos Beatles:



Agora o vídeo clipe original da gravação de 1989 de Starr e Owens:



No comments:

Post a Comment