Tuesday, March 12, 2013

188 – The Drifters - Save the last dance for me (1960)

Escrita por Doc Pomus e Mort Shuman, foi gravada pelos Drifters, em 1960, e lançada pela Atlantic Records no mesmo ano. Teve a dupla de compositores Jerry Leiber e Mike Stoller como produtores, que na época estavam aprendendo a produzir com o grande produtor Phil Spector. Os vocais principais foram feitos por Ben E. King.

A versão dos Drifters ficou três semanas como número 1 dos charts pop americanos e uma semana no número 1 dos chart de Rhythm and Blues. Chegaram também ao número 2 dos charts britânicos.

Na música, o narrador diz ao seu amor que ela está livre pra circular por aí e socializar durante a noite toda, mas pra guardar a ultima dança pra ele no fim da noite. Na verdade, essa música foi feita na noite do casamento de Doc Pomus, um dos compositores, que teve poliomielite e tinha dificuldades de andar.

A sua noiva era a atriz da Broadway e Dançarina Willi Burke e circulava entre os convidados. Ele dizia isso pra ela, que dançasse e se divertisse mas que se lembrasse que no fim da noite iria pra casa com ele.

Em Dezembro de 1983, Dolly Parton lançou uma versão country dessa canção. A versão dela chegou ao número 45 dos charts pop americanos, ao número 3 dos charts country e numero 2 dos charts country canadenses.

Em 2006, foi a vez do canadense Michael Bublé lançar a sua versão. A melhor posição alcançada pela versão de Bublé foi a de número 22, nos charts dance club play, número 5 no hot adult contemporary tracks e número 99 nos charts pop americanos. Bublé aparece cantando essa música nos créditos do filme The Wedding Date.

Buck Owens também gravou essa canção, em 1962. Chegou ao número 11 dos charts country americanos. Ike and Tina Turner também gravaram essa canção em 1966, no álbum River deep, mountain high. Jerry Lee Lewis gravou-a durante os anos 1960s.

Durante as gravações do álbum Let it be, os Beatles tocam uma versão dessa canção. Harry Nilsson gravou uma versão em 1974, que foi produzida por John Lennon. Emmylou Harris gravou uma versão em 1979.

Petula Clark e um dos compositores, Mort Shuman, gravaram uma versão em francês. Uma gravação não tem nada a ver com a outra. Cada um gravou a sua versão independente.  

O ato Bruce Willis gravou uma versão e em 2012, Leonard Cohen incluiu essa canção na sua turnê Old Ideas.

Essa canção é o número 182 da lista das 500 maiores canções de todos os tempos, da revista Rolling Stone Magazine.

A letra:

You can dance every dance with the guy
Who gave you the eye let him hold you tight
You can smile every smile for the man
Who held your hand ‘neath the pale moonlight

But don't forget who's taking you home
And in whose arms you're gonna be
So darlin' save the last dance for me, mmm

Oh I know that the music is fine
Like sparkling wine go and have your fun
Laugh and sing but while we're apart
Don't give your heart to anyone

But don't forget who's taking you home
And in whose arms you're gonna be
So darlin' save the last dance for me, mmm

Baby don't you know I love you so?
Can't you feel it when we touch?
I will never, never let you go, I love you oh so much

You can dance go and carry on
Till the night is gone and it's time to go
If he asks if you're all alone
Can he take you home you must tell him no

'Cause don't forget who's taking you home
And in whose arms you're gonna be
So darlin' save the last dance for me

'Cause don't forget who's taking you home
And in whose arms you're gonna be
So darlin' save the last dance for me, mmm

Save the last dance for me, mmm
Save the last dance for me, mmmm
Save the last dance for me

A versão original dos Drifters, de 1960, somente áudio:



A gravação de Jerry Lee Lewis, também somente áudio:



Agora a gravação de Michael Bublé:

No comments:

Post a Comment